Buscar
  • Marcelo Jardim

Blast from the past — O Fórmula SAE com motor V8 da equipe WWU Racing

Em algum momento da longínqua década de 90, a equipe de FSAE da Western Washington University decidiu que a razão entre cilindros do motor e rodas deveria ser maior que 1.

O resultado pode ser visto na foto abaixo: um motor V8 que possuía 554 cilindradas, usinado completamente do zero pela equipe (billet block). Por muitos anos, tudo que sabíamos sobre o protótipo era fruto de posts e relatos em fóruns antigos sobre a competição no exterior, geralmente linkando álbuns de fotos em serviços que já saíram do ar.

Mas felizmente um usuário do reddit chamado /u/philocity encontrou o material e conseguiu disponibilizar mais de 400 fotos, que podem ser apreciadas aqui.

Além do powertrain particularmente exótico, o protótipo também contava com um conjunto de chassi e suspensão bastante curioso. A suspensão traseira aparenta ser completamente ancorada no motor e transmissão, dispensando quaisquer membros estruturais traseiros (com exceção dos bracings do main hoop, claro). Também contava com amortecedores dianteiros inboard, elegantemente montados no assoalho.

O cockpit, feito com fibra de carbono, possui uma side impact especialmente interessante, composta por dois cilindros laminados em fibra que agem como membros estruturais "convencionais", diferente das geometrias planares comuns em cockpits laminados hoje em dia. Tais cilindros eram então afixados a dois bulkheads metálicos, provavelmente usinados em alumínio. 

De acordo com relatos no post onde o álbum se encontra, o motor teve que ser descartado quando o regulamento passou a exigir que os protótipos possuíssem motor de partida — inexistente no projeto inicial.

© 2021